Temperatura de cor: detalhes essenciais na hora de comprar lâmpadas

Uma das coisas que poucas pessoas fazem na hora de comprar uma lâmpada é verificar a temperatura de cor para escolher o modelo certo. Esse é um erro comum, que pode ser evitado facilmente! Como?

A seguir, você vai ver algumas informações de suma importância para fazer uma boa escolha na hora da iluminação ambiente.

Definir a temperatura da cor

temperatura de cor pode ser definida como a cor aparente de uma fonte de luz. Varia de vermelho alaranjado para a chama de uma vela ou o sol poente, e um tom azulado para o flash da câmera.

Essa temperatura de cor é medida em Kelvin (K), em uma escala de azul frio (20.000 K) a vermelho quente (1000 K).

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores



A temperatura de cor não corresponde à temperatura real da fonte de luz. Está ligado ao modelo teórico do corpo negro que, quando aquecido, emite uma certa qualidade de luz.

Esse ajunto já foi tratado por nós anteriormente em outro artigo, com alguns detalhes a mais.

A temperatura da cor de uma lâmpada

Desde setembro de 2010, a temperatura da cor é indicada em Kelvin na embalagem de lâmpadas fluorescentes compactas ou lâmpadas economizadoras de energia.

Isso permite que os consumidores escolham entre diferentes temperaturas de cor, dependendo do ambiente de luz desejado.

Normalmente, as lâmpadas que produzem luz “quente” variam de 2.500 a 3.000 K e as que produzem luz “neutra” são de aproximadamente 4.500 K.

A maioria das lâmpadas fluorescentes compactas vendidas ao público em geral tem uma temperatura de cor de 2.700 K, próximo ao das lâmpadas incandescentes (de 2400 a 2700 K).

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

Mas também existem lâmpadas fluorescentes compactas a 3.000, 4.000 ou 6.500 K, cuja luz está mais próxima de uma lâmpada de halogênio (de 3000 a 3200 K) ou até a luz do dia (de 5000 a 6500 K para o sol do meio-dia).

Temperatura de cor na fotografia

Na fotografia, a temperatura da cor desempenha um papel decisivo na aparência das peças vazadas (cores que ficam azuis ou laranja) em uma imagem.

Para evitar esse tipo de tom de cor e reproduzir fielmente os diferentes tons do assunto fotografado, a função de balanço de branco permite ajustar sua câmera digital de acordo com o tipo de iluminação.

Esta função permite obter uma boa reprodução de cores, dependendo de a fonte de luz ser natural (como o sol) ou artificial (como uma lâmpada de halogênio).

Spot LED Embutir 5W COB Quadrado Direcionável Branco Frio/Quente ...

Qual é a diferença entre branco frio e branco quente?

Temperaturas de 2000 a 3000 Kelvin são definidas como “cores quentes” devido à sua característica tez amarelo-laranja. 

Pelo contrário, a temperatura da cor “branco frio” (3300-5300 K) aparecerá em uma refrescante sombra natural. As temperaturas de cor acima de 5300 K são chamadas de “luz do dia”: na verdade, essas tonalidades têm um tom branco/azulado semelhante à luz do dia natural.

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

Por que a temperatura da cor é importante?

Durante a fase de planejamento dos projetos de iluminação ou simplesmente quando você deseja comprar uma nova lâmpada, é importante levar em consideração a temperatura da cor. 

Escolher a tonalidade correta ajudará a influenciar a atmosfera de um ambiente. 

Recomenda-se temperaturas de cores quentes para promover uma atmosfera acolhedora e relaxante em residências, restaurantes, bares e hotéis. 

As temperaturas mais baixas, por outro lado, são ideais para um efeito energizante e, portanto, são indicadas para melhorar a concentração em escritórios, escolas e armazéns.

Qual temperatura de cor escolher?

Graças aos recentes avanços tecnológicos no setor de iluminação, estão disponíveis hoje produtos de iluminação que permitem ajustar não apenas o brilho, mas também a temperatura da cor. 

Mudando de uma cor fria para uma mais quente, você pode desfrutar de uma atmosfera completamente diferente. 

Portanto, você não precisa mais escolher uma única temperatura de cor, mas terá a liberdade de definir a tonalidade da cor que melhor se adequa à sua atividade, humor ou preferência de iluminação. 

Gerenciar seu humor de iluminação

Essa paleta de temperaturas de cor permite criar diferentes atmosferas de luz:

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

Branco quente: lâmpadas com temperatura Kelvin baixa produzem uma luz amarela quente.

As lâmpadas LED brancas quentes emitem uma luz de 2700 K a 3300K, que é equivalente à luz do fim do dia, é a mais próxima da luz das lâmpadas incandescentes tradicionais.

A iluminação branca quente é geralmente propícia ao relaxamento e à criação de uma atmosfera confortável e agradável.

Branco morno claro: de uma temperatura de 4200 K a 4500 K, é considerado neutro e energizante.

Cor branca do dia: com uma temperatura mais alta (5500 K – 6000 K), as lâmpadas LED brancas do dia oferecem uma luz ligeiramente azul e fria, mais estimulante.

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

É a cor de iluminação ideal para locais que exigem concentração. É também a cor mais próxima da luz natural que é 6500 K.

Conclusão

Agora que você sabe melhor sobre a temperatura de cor, tenho certeza de que você está mais preparado para escolher quais as lâmpadas que poderá comprar apara cada ambiente. Lembre-se de que nem sempre o preço baixo é a melhor opção. Você pode simplesmente escolher um sistema de lâmpadas que se adapte ao ambiente que você quer iluminar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *