Temperatura de cor: como entender o assunto?

Temperatura de cor é um assunto não tão comentado entre as pessoas nos dias de hoje. Mas a verdade é que os profissionais na área de luminotécnica, design e fotografias necessitam ter certo conhecimento na área.

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

Por isso, buscamos explicar um pouco o assunto nos próximos parágrafos, de modo que você consiga entender um pouco mais sobre ele e possa usar isso ao seu favor.

Entenda a base da temperatura de cor

Quando se trata da reprodução de cores, existe um termo comum sobre o qual muitas pessoas falam: a temperatura de cor. Esta é uma definição básica:

A temperatura de cor indica qual cor aparecerá quando medida em uma determinada temperatura usando a escala Kelvin. 

Se tivermos um corpo preto ideal que possa se aquecer espontaneamente, quando atingir certas temperaturas, começará a irradiar luz de cores diferentes com base na temperatura, de vermelho para laranja, de laranja para amarelo, de amarelo para branco e de branco para azul. 

A escala Kelvin que começa no zero absoluto é usada para medir a temperatura (como 0 Kelvin é zero absoluto, 273,16 Kelvin é igual a 0 graus Celsius e 32,018 graus Fahrenheit).

Para o uso em diferentes áreas, existem três padrões comuns. 

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

No mundo da fotografia, da luminotécnica e do design, 6500K (D65) é frequentemente usado como branco padrão, enquanto na impressão geralmente é de 5000K (D50). 

No campo de vídeo e cinematografia, é geralmente 6300K (D63).

Diferenças visuais 

Trybo Design | Blog

Como a temperatura de cor está relacionada à reprodução de cores, ela afeta muito a percepção da cor. Se a temperatura da cor for mais alta, as imagens aparecerão azuladas. 

Pelo contrário, reflexos de vermelho, amarelo ou outras cores com tons mais quentes serão visíveis quando a temperatura de cor for mais baixa.

Às vezes, vários tons de cor acionam certos tipos de sensações.

Por exemplo, com uma temperatura de cor mais alta, uma imagem com um tom frio geralmente cria uma atmosfera triste e pacífica, enquanto com uma temperatura de cor mais baixa, uma imagem com um tom quente geralmente instila uma sensação otimista e agradável.

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

Portanto, é importante escolher a temperatura de cor certa, para que ela possa produzir o impacto emocional que o trabalho deveria criar.

Outra coisa a considerar é o fato de a luz ambiente influenciar a maneira como percebemos a imagem que vemos. 

Quando a luz ambiente tem uma temperatura de cor mais alta que um monitor, por exemplo, acreditamos que a imagem mostrada no monitor é mais amarela do que realmente é. 

Quando a temperatura da cor proveniente de fontes de luz no ambiente é menor que a do monitor, percebemos a imagem na tela como mais azul. 

Idealmente, a temperatura da cor da luz ambiente deve ser a mesma do monitor, para que possamos perceber corretamente as cores da imagem na tela.

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

Por que fotógrafos e designers prestam atenção especial à temperatura da cor?

No local de trabalho de certas profissões, como fotografia e design, a temperatura de cor do monitor deve ser previsível e precisa, para permitir que funcione corretamente e atenda aos requisitos profissionais.

Considerações para os fotógrafos quanto à temperatura da cor

Vamos dar um fotógrafo comercial como exemplo. 

Quando se trata da cor das fotos que levaram tempo e energia para serem tiradas, mesmo depois de examinadas por olhos humanos, elas ainda devem ser mostradas em um monitor que exibe as cores corretas, para refletir a intenção original do fotógrafo. 

A temperatura de cor correta no monitor deve ser um elemento cuidadosamente controlado. 

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

Também é uma parte muito importante do processo de controle de qualidade, porque, se houver uma imprecisão na temperatura da cor que causa um julgamento incorreto, isso afetará a competitividade e o profissionalismo do fotógrafo.

O que um designer procura em uma exibição?

Da mesma forma, um designer confia no monitor para fazer ajustes e comparações entre imagens na maioria das vezes em que está envolvido em um trabalho. 

Os designers também precisam de monitores para verificar as imagens nas quais estão trabalhando. Portanto, eles dependem do fato de que a temperatura da cor da tela está correta.

E na luminotécnica?

Por fim, os profissionais dessa área precisam estar sempre trabalhando na temperatura de cor de acordo com o ambiente em que estão trabalhando naquele momento.

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

Isso torna possível que você possa estudar adequadamente que tipo de luz deve colocar em cada local.

Acredite ou não, isso faz uma grande diferença.

Conclusão

Se você é profissional em uma dessas áreas, é essencial que tenha em mente tudo o que viu neste artigo. Estudando a temperatura de cor, seu trabalho poderá ser mais produtivo e você com certeza gostará do resultado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *