Que iluminação de sala escolher?

Se você está em dúvida de como fazer a iluminação de sala, o artigo a seguir traz algumas informações relevantes para que você possa escolher bem a iluminação correta.

Assim, vamos ao que importa agora mesmo.

Os diferentes tipos de iluminação de sala

Qualquer que seja a sala, existem três tipos de iluminação que permitem variar as intensidades de luz e as atmosferas.

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores
  • Iluminação geral

Geralmente fixo, esse tipo de iluminação cobre toda a sala de estar. Com um único interruptor, ilumina toda a sala. Existe uma ampla escolha entre teto, lustre, parede ou ponto.

Além disso, a iluminação geral é o ponto de partida para a decoração brilhante da sala de estar. Permite variar as atmosferas luminosas de acordo com os espaços da sala de estar. 

As luminárias utilizadas devem, acima de tudo, ser adaptadas às dimensões da sala. 

De fato, uma lâmpada muito pequena fornecerá uma iluminação muito fraca, enquanto uma lâmpada de teto muito volumosa acentuará a estreiteza do espaço.

  • Iluminação funcional

A iluminação funcional é usada para iluminar uma área específica da sala de estar para desempenhar um papel específico. 

Também chamadas de luzes de preenchimento, essas luzes aumentam o brilho para executar uma tarefa que exige muita precisão. 

Assim, pode ser um local acima de uma mesa ou de uma lâmpada de leitura perto de uma poltrona confortável. Combinando o útil com o agradável, esse tipo de iluminação melhora a atmosfera de luz na sala de estar.

  • Iluminação decorativa ou de humor

Seja difusa ou colorida, a iluminação decorativa acrescenta originalidade à sala de estar e traz um toque pessoal à atmosfera de luz. Com essas luzes, a única regra é deixar ir. 

Optar por lâmpadas divertidas e descoladas é ideal para criar uma atmosfera única.

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

Iluminação da sala de estar: regras gerais

A tendência atual da iluminação é a multiplicação de fontes de luz para criar diferentes atmosferas de acordo com as horas do dia. 

Para iluminar a sala de estar, é necessário usar diferentes tipos de iluminação, variando de acordo com as diferentes áreas da sala. 

No centro da sala, devem ser instaladas suspensões com luz suave para criar uma atmosfera quente ou aconchegante.

Para destacar os elementos decorativos na sala de estar, os apliques estão entre as melhores soluções. 

Eles também tornam possível obter luminosidade nos cantos menos iluminados. 

Para os entusiastas da leitura, uma luz de leitura fará o truque perfeitamente, pois fornece uma iluminação poderosa. 

Assim, o fato de multiplicar as luminárias é uma ótima maneira de otimizar a potência e, ao mesmo tempo, se beneficiar da iluminação personalizada.

Além disso, é aconselhável misturar luzes frias e quentes. A iluminação fria pode ser efetivamente relaxante na sala de estar, embora seja necessário favorecer uma atmosfera acolhedora.

Blanket and pillows on grey settee in retro living room interior with armchair and poster. Real photo

Erros a evitar na iluminação de sala

Entre o tipo de atividade, a atmosfera desejada e o espaço disponível, certos elementos devem ser levados em consideração para iluminar a sala de acordo com as regras da arte.

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

Aqui estão os erros a evitar ao iluminar esta sala de estar:

  • Escolher uma temperatura de cor incorreta

A sala é uma sala bastante difícil de iluminar, pois se destina a ser versátil. Portanto, é essencial criar uma atmosfera acolhedora. A temperatura de cor liberada pelas luminárias utilizadas é, portanto, importante.

A primeira dica é optar pela iluminação “quente” para iluminar a sala inteira. Uma luminária com uma ampla distribuição é mais adequada.

  • Usar holofotes de teto

A iluminação de sala com luzes embutidas no teto deve ser absolutamente evitada. É preferível misturar as luzes para uma decoração mais elegante.

  • Usar a mesma intensidade para todas as luminárias

Você também deve evitar iluminar a sala uniformemente, optando por lâmpadas da mesma intensidade.

Recomenda-se a utilização de diferentes lâmpadas adaptadas às luminárias utilizadas, bem como à sua função. Além da intensidade, também é necessário aprender a controlar a cor das lâmpadas para obter a iluminação ideal.

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores
  • Colocar as luzes nos lugares errados

Uma vez escolhidas as luzes, você deve pensar na localização delas. Para fazer isso, o layout da sala é um critério a ser levado em consideração.

Um abajur, por exemplo, será mais eficaz sobre uma mesa, enquanto um abajur não será instalado a uma altura de 2 m.

Para combinar decoração e luz, uma luminária pendente deve ser colocada acima da mesa de jantar ou embaixo de uma mesa de café para maior originalidade.

  • Subestimar a importância da iluminação decorativa

A iluminação decorativa ou de realce é essencial para criar relevos na sala de estar.

Destaca alguns elementos decorativos e torna a sala animada. Para variar o humor da sala, não se esqueça de associar esse tipo de iluminação a iluminação geral e funcional.

Conclusão

Com essas informações, tenho certeza de que a sua iluminação de sala será agradável para seus olhos. Por isso, você precisa usar essas informações da maneira certa, sem negligenciar o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *