Cálculo luminotécnico: o que precisamos saber

O cálculo luminotécnico é importante por diversos fatores. Se você busca saber mais sobre ele, o que acha de ler agora mesmo informações importantes para ficar por dentro do assunto?

Pois eu te convido a ler o texto a seguir, que trará as tudo o que você precisa saber.

O cálculo luminotécnico e sua utilização

Para ter certeza de que configurou corretamente a iluminação da sua casa (ou de qualquer outra sala), você pode usar o cálculo da iluminação: é uma fórmula simples, graças à qual é possível saber qual é o número de lâmpadas ideais para qualidade visual adequada. 

O cálculo da iluminação permite garantir uma habitabilidade eficaz das instalações do seu apartamento: graças a isso, é possível identificar os valores da iluminação e definir a quantidade e a potência dos corpos de iluminação que devem ser instalados em conformidade com as disposições da legislação em vigor.

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

As variáveis ​​do cálculo luminotécnico

Os fatores que devem ser avaliados para esse fim são múltiplos.

Por exemplo, para definir as potências elétricas necessárias, é necessário levar em consideração a quantidade de luz que deve ser utilizada, a maneira pela qual as luminárias devem ser organizadas e a escolha delas.

Isso é necessário para garantir a máxima uniformidade da iluminação. 

A cor das paredes, as características do teto, o tamanho da sala e o tipo de lâmpada são outras variáveis ​​que entram em jogo. 

A fórmula do cálculo da iluminação, em particular, inclui o coeficiente de reflexão R, o fator de manutenção M e o fator de utilização U. 

Este último muda de acordo com o modo de distribuição da luz (que pode ser direta, indireta ou mista), as características de construção da lâmpada e a área da sala, que pode ser regular ou irregular.

Como o cálculo da iluminação é realizado

Passando da fórmula matemática para a prática, se você estiver interessado em saber o número exato de lâmpadas que devem ser instaladas, é necessário dividir o fluxo pela potência da lâmpada usada no cálculo: essas informações são mostradas diretamente na embalagem. 

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

No entanto, os fatores de potência da fonte de alimentação ou as perdas do transformador devem ser excluídos. 

Para esse fim, também existem softwares luminotécnicos que podem ajudar no cálculo e que são utilizados por profissionais. 

A iluminância média expressa em lux deve ser multiplicado pelos metros quadrados da superfície da sala: o resultado obtido deve ser dividido pelo produto (isto é, o resultado que deriva da multiplicação) entre o fator de manutenção e o fator de utilização. 

O fluxo luminoso geral dividido pela potência da lâmpada permite descobrir quantas lâmpadas são necessárias para a correta iluminação da sala, levada em consideração.

Por que é necessário calcular a iluminação?

A realização manual do cálculo luminotécnico é um exercício aconselhado, pois – como vimos – existem vários elementos que devem ser levados em consideração. 

De fato, a luz que atinge uma determinada superfície não vem apenas da lâmpada que representa a fonte direta, mas corresponde à soma dos fótons gerados pelos vários corpos de iluminação, refletidos pelos materiais presentes no ambiente. 

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

O objetivo da tecnologia de iluminação é criar um sistema de iluminação artificial que permita explorar esses aspectos da maneira ideal.

O que é a tecnologia de iluminação

A tecnologia de iluminação pode ser definida como a disciplina científica e técnica que investiga a iluminação de salas e espaços, não apenas em ambientes fechados, mas também em ambientes externos, garantidos tanto por pontos de luz artificiais quanto pela luz solar. 

A qualidade da iluminação com a qual lidamos todos os dias é mais importante do que podemos imaginar, também para o nosso bem-estar: é por isso que é muito importante estudá-la com a máxima atenção.

É realmente tão necessário assim usar o cálculo luminotécnico?

Se essa pergunta passou pela sua cabeça, não se preocupe, ela é comum, e várias pessoas até se fazem, e até mesmo negligenciam o uso do cálculo.

Banner 2 da planilha de Iluminância de Interiores

Mas se pararmos bem para pensar, o cálculo luminotécnico é essencial para que você possa usar a luz da maneira certa, sem deixar uma parte clara demais ou muito escura.

Isso certamente seria um problema muito desconfortável para você e sua família.

Por isso, não esqueça de usar o cálculo luminotécnico. Ele certamente vai lhe dá a segurança de que as luzes estarão no local certo, na quantidade certa. Assim, você garante que terá o conforto necessário na hora de usar suas luzes corretamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *